Nova gestão completa um mês e faz balanço positivo da qualidade assistencial no HEAL

13 de JUNHO de 2018

Por Olenka Lasevitch

Na edição anterior, o Boletim Acontece abordou o funcionamento do Azevedo Lima durante o período de greve dos caminhoneiros que, graças ao planejamento e comprometimento dos profissionais, reduziu os impactos do contingenciamento e das dificuldades impostas pela greve. Na semana passada o diretor técnico do Azevedo Lima, Dr. Rogério Casemiro, e a diretora executiva, Maria José Araújo, reuniram as coordenações para apresentar o balanço do hospital no primeiro mês da nova gestão. Mais uma vez a qualidade das equipes e o alto padrão assistencial do hospital, gerido pelo ISG desde 2014, foram os principais temas.

Durante o mês de maio, com a mudança da estação climática e a proximidade do inverno, é comum o agravamento dos problemas respiratórios tanto para novos pacientes quanto para os já internados. As equipes assistenciais do Centro de Tratamento Intensivo foram muito elogiadas devido à redução nos casos de infecção respiratória e urinária, que se traduzem em aumento na qualidade de vida dos pacientes, na redução dos custos hospitalares e, principalmente, na alta qualidade da assistência prestada.

‘‘Mesmo diante das dificuldades, das crises, dos contingenciamentos, vemos todos empenhados em cuidar e salvar vidas, sempre com foco no paciente. O Azevedo Lima de fato tem uma excelente equipe’’, reconhece Maria José Araújo. Para o Dr. Rogério Casemiro, “a redução nos índices de infecção respiratória no CTI se deve basicamente às pessoas que lá trabalham, que sempre buscam o melhor para o paciente. Os profissionais passaram por um treinamento para redução destas taxas, assimilaram os protocolos, introduziram na sua vida cotidiana e os resultados já aparecem. O reconhecimento aqui é para toda a equipe multiprofissional: médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e todos os profissionais que atuam para o desfecho positivo.”




ÚLTIMAS NOTÍCIAS