HDT promove X Semana de Controle de Infecção Hospitalar

07 de JUNHO de 2018

O Hospital Estadual de Doenças Tropicais dr. Anuar Auad (HDT), da SES – Governo de Goiás, gerido pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG) desde 2012, por meio do seu Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), realizou no último dia 30 de maio (quarta-feira) o encerramento da X Semana de Controle de Infecção Hospitalar da unidade. A ação, que teve como tema “Stop Infecção”, contou com duas etapas com o objetivo de marcar o Dia Mundial de Higienização das Mãos, celebrado em 5 de maio, e o Dia Nacional de Controle da Infecção Hospitalar, comemorado em 15 de maio. O objetivo foi alertar e conscientizar colaboradores, pacientes e visitantes sobre os riscos de transmissão de infecção em unidades de saúde, bem como a importância da lavagem correta das mãos.

Do dia 21 a 23 de maio, a programação contou com abordagem nos setores, por meio de ações lúdicas e orientações sobre a importância de lavar as mãos. No dia 30 foi realizado o dia “D” da campanha, no auditório da unidade, com apresentação de teatro, dinâmica eletrônica e um show com a Banda Constellation - composta por colaboradores do hospital, que cantaram paródias de músicas da atualidade, com letras sobre prevenção de infecção hospitalar e higienização das mãos. 

Ações lúdicas têm sido cada vez mais utilizadas para disseminação de conteúdos.

 

A apresentação teatral contou com a participação de vários colaboradores e também de duas atrizes profissionais, que criaram e encenaram a fábula “Três pacotinhos e a Sepse”, mostrando a luta constante contra as infecções e o que é preciso fazer para controlar e erradica-las. A atriz e locutora Rosimeire Cavalcante participou pela primeira vez de um evento em um hospital. “Fiquei impressionada de ver o envolvimento de todos”, salientou. 

 “Achei muito interessante a apresentação das precauções que devemos ter no dia a dia, especialmente por ter sido passada de uma de forma tão leve”, disse a colaboradora Vera Pais, que participou do evento. “A ação foi uma oportunidade de disseminar a importância do controle de infecções e levar conhecimento de forma divertida para mobilizar e estimular os profissionais da saúde” salientou a coordenadora do Serviço de Vigilância em Saúde (SVS), Thais Yoshida. “O paciente, que é uma joia preciosa para sua família, é muito valoroso para nós e nos cabe cuidar com todo carinho, amor e segurança. É possível evitar a infecção com prevenções”, avaliou a coordenadora do SCIH, Patrícia Fátima Souza, que faz questão de compartilhar a missão do ISG: “Nós trabalhamos focados em salvar vidas”.

As equipes multiprofissionais se uniram para reforçar a importância do controle de infecção na unidade.

 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS