Assistência integrada para salvar vidas !

11 de MAIO de 2018

Por Igor Guimarães

Gerido pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG) há quase seis anos, o Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), tem se consolidado cada vez mais como unidade referência não somente no tratamento especializado a doenças infecciosas e dermatológicas, mas também, e principalmente, na qualidade do serviço que presta aos seus usuários.

A unidade, detentora do selo de acreditação Hospitalar ONA 1, desde 2014, tem praticado como cultura de trabalho a premissa da melhoria contínua. Independente da busca por qualificações oficiais, como as deferidas pela ONA, a maior preocupação tem sido a efetiva cultura de manutenção de uma assistência em saúde cada vez mais eficiente e eficaz.

Um dos pontos que mais tem contribuído para o desempenho qualificado da assistência da unidade é justamente o entrosamento que as equipes multiprofissionais têm demonstrado ao desempenhar suas tarefas. Cada vez mais, as diferentes áreas se interagido entre sí com o único intuito de buscar o bem comum para a unidade.

Segundo a coordenadora geral de enfermagem, Teresa Cristina, essa interação já é prática natural e tem sido cada vez mais homogênea: “Quando o colaborador entende que o papel de seu setor tem interferência na qualidade da assistência que ele presta, passa a enxergar o setor do outro, independente da área a que pertença, de maneira mais homogênea e torna a rotina de envolvimento, interação e empatia algo muito natural. Para nós, não existe assistência sem envolvimento da equipe multiprofissional, psicologia, nutrição, enfermagem, reabilitação, cada um tem seu papel de contribuição e claro, faz parte da qualidade que nossa unidade tem vivido nos últimos anos”, pontuou. 

A coordenadora do setor de farmácia, Mara Cristina, acrescenta que a prática da assistência com envolvimento da equipe multi é parte da cultura da unidade. “Já temos essa cultura enraigada no HDT. Aqui conseguimos entender de maneira clara nosso papel enquanto setor assistencial e também, que, somos parte de um todo que possui como bem comum a prestação de uma assistência de qualidade. Não existe distinção de importância de setores, mas sim, soma de esforços”, reforçou.

A diretora geral da unidade, Aline Oliveira, pontua que o processo de qualidade contínua buscado no dia a dia da unidade, nada mais é que o resultado do envolvimento dos membros das equipes: “O resultado qualificado que temos encontrado em nossa assistência, nada mais é que o coroamento do envolvimento, compromisso e dedicação de cada membro desta equipe. Me orgulho em fazer parte de um time tão alinhado e coerente que, de maneira clara, sabe a razão do seu esforço no dia a dia: salvar mais e mais vidas”, disse.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS