HDT lança Programa 6 SIMC

13 de MARÇO de 2018

A gestão de uma unidade de saúde é algo cada vez mais complexo e desafiador. Nos dias de hoje são incontáveis os aspectos que devem ser levados em conta para que o papel de uma unidade séria e comprometida em salvar vidas possa efetivamente ser cumprido. Desde que assumiu a gestão do Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT) em junho de 2012, o Instituto Sócrates Guanaes (ISG) tem se esforçado enormemente para a qualificação dos processos e do modo de operação da unidade.

O HDT é o único hospital de infectologia do país a receber acreditação ONA 1. Esse selo que garante a unidade como referência em segurança ao paciente é resultado do esforço de toda a equipe do hospital, porém, a intenção é a cada dia proporcionar ao povo goiano uma saúde em constante evolução.

Pensando desta forma, podemos considerar o último dia 07 de março de 2018 como um marco histórico para o HDT. Nesta data, foi apresentado a todos os líderes do hospital, o 6 SIMC (Sistema Integrado de Melhoria Contínua). Voltado para a estruturação dos processos de todos os setores do hospital e visando fortalecer as ações integradas entres eles, o 6 SIMC é um marco na forma de gestão do HDT e promete alavancar a unidade para outro nível de qualidade.

O projeto, proposto pelo Setor de Gestão da Qualidade, permitirá entre outras coisas uma melhor visualização das oportunidades que podem ser melhoradas, buscando descobrir ineficiências, gargalos e atrasos nos processos, visando eliminá-los por meio de um novo processo melhorado e que entregue mais eficácia e eficiência.

 Segundo Flávia Valério, coordenadora do setor de qualidade, o 6 SIMC é um passo importantíssimo para as pretensões do HDT: “Somos uma unidade acreditada e precisamos continuar promovendo melhorias. Dessa forma, e não pensando somente em títulos, o 6 SIMC irá proporcionar a todos os colaboradores do HDT um entendimento melhor e mais maduro acerca dos seus processos e também dos processos dos outros setores. A integração que ele provocará nos permitirá um nível de maturidade mais avançado e por consequência conseguiremos prestar uma assistência mais qualificada e segura”, disse.  

A diretora geral da unidade, Aline Oliveira, reforça que a gestão tem se empenhado em propagar todas as ideias e projetos que culminem com a qualificação dos processos da unidade. “Preparamos esse momento para marcar o ‘salto de qualidade’ que nossa unidade ganhará em seus processos internos. Em alinhamento à gestão do ISG que sempre se preocupa em qualificar seus colaboradores, temos ‘provocado’ ações que levem cada gestor a enxergar além de suas áreas de atuação, promovendo uma visão ampla e sistêmica de todos os processos que envolvam o seu setor e que de certa forma se interagem com os outros”, pontuou.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS