ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.org 

Treinamento aborda os cuidados com a ressonância magnética

22 de FEVEREIRO de 2021

Por Mônica Bockor

Equipamento que ajuda a diagnosticar problemas em órgãos, tecidos e todo o sistema esquelético, a ressonância magnética possibilita imagens de alta definição sem expor o paciente à radiação ionizante. O que permite ao aparelho captar imagens deste tipo é o campo de ondas magnéticas que passam pelo corpo. Mas esse campo magnético exige uma série de cuidados para evitar riscos a pacientes e profissionais. Para reforçar as medidas de segurança, o HRR promoveu o treinamento sobre Biossegurança em Ressonância Magnética.
Ministrada pelo coordenador de Radiologia do HRR, Rafael de Jesus, a aula foi realizada nos dias 15 e 16/02 para a equipe de higienização e nos dias 17 e 18/02 para a equipe de enfermagem, maqueiros e técnicos de Radiologia. No dia 17, o treinamento contou com a participação do Tecnólogo em Radiologia Renan Mendonça. 
Devido ao forte campo magnético utilizado no equipamento - e que funciona como um íma gigante -  objetos de metal não podem entrar na sala onde o aparelho está localizado. “Antes de entrar na sala da RM, sempre devem ser verificados todos os itens que contém metal, bateria e componentes eletrônicos. É proibido objetos metálicos (ferromagnéticos) como tesouras, baldes, vassouras, rodos, escadas, clipes, moedas, grampo de cabelo, assim como objetos com bateria e componentes eletrônicos, como celulares, pagers, bips, relógios, cartões de crédito e bombas de infusão", destacou Rafael. 
O coordenador abordou as contraindicações relativas e absolutas ao exame e também esclareceu dúvidas sobre situações que não são contraindicadas, além de lembrar o chek-list da RM: prescrição médica, questionário de segurança, questionário específico, autorização de contraste, posicionamento e protocolo específico. 








ÚLTIMAS NOTÍCIAS