ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.org 

HRJR comemora 1 ano da certificação da IHAC e consolida o cuidado materno-infantil

17 de FEVEREIRO de 2021

Por Agenilson Santana

No dia 24 de janeiro, o Hospital Regional Jorge Rossmann comemorou o primeiro ano da certificação da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), título concedido pelo Ministério da Saúde a instituições que cumprem os Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno, o cuidado respeitoso à mulher durante o pré-parto, parto, pós-parto, a permanência dos pais junto ao bebê e o cumprimento da Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância (NBCAL).

Para consolidar as diretrizes da IHAC e fortalecer a cultura do aleitamento materno no hospital, ao longo de todo o ano são realizadas ações que envolvem pacientes, familiares, profissionais e lideranças.

A IHAC requer um processo de monitoramento contínuo, no qual a direção do hospital tem o compromisso de encaminhar anualmente ao Ministério da Saúde, por meio de plataforma digital, os resultados das avaliações internas realizadas na unidade.

Segundo o coordenador de Qualidade do HRJR, Israel Santos, diante dos inúmeros desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus, a proposta da IHAC se manteve firme na instituição. “Mesmo em um cenário atípico, percebemos resultados positivos que reafirmam o nosso compromisso, como a taxa de partos com presença de acompanhantes, que no último ano teve uma média 90,34%”, explicou.

O nutricionista e presidente da Comissão de Aleitamento Materno do HRJR, Felipe Neves Fernandes, também destaca outros pontos relevantes, como o aumento de 34% na doação de leite materno ao Banco de Leite de Peruíbe e a redução das perdas devido a cadastros incompletos das doadoras. “Conseguimos mais conscientização das equipes quanto à importância da doação de leite materno. No mês de outubro, aumentamos em quase 500% o volume enviado ao Banco de Leite em relação ao mês anterior”, ressalta.

Introduzida na rotina no hospital, as propostas da IHAC contribuem para melhorar o acolhimento e a atenção no cuidado da mulher e do bebê. Jenifer Ingrid Nunes Trindade, de 20 anos, está desde novembro acompanhando o seu bebê, Lorenzo, na UTI Neonatal, que nasceu com 26 semanas. Doadora de leite materno, ela contribui para o desenvolvimento do filho e outros bebês internados. “Ainda não posso amamentá-lo, mas continuo tirando meu leite. Quanto mais eu tiro, mais terei leite para quando ele começar a mamar”.

Equipes preparadas para orientar sobre a importância do aleitamento materno


Jenifer e seu bebê, Lorenzo. Prática do método Canguru contribui para o desenvolvimento de bebês prematuros




ÚLTIMAS NOTÍCIAS