ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.org 

Visita virtual renova esperança de pacientes isolados

29 de ABRIL de 2020

Por Thaís Almeida e Danyelle Fuad

Ver o sorriso de um filho, perguntar sobre o animal de estimação ou simplesmente ouvir a voz da família são gestos simples que muitas vezes não damos valor no dia a dia. Mas que fazem toda a diferença para pacientes hospitalares hoje isolados por suspeita ou comprovação do Novo Coronavírus. Pensando em cuidar também do lado emocional dessas pessoas, as unidades gerenciadas pelo Instituto Sócrates Guanaes estão apostando em ações para amenizar as dificuldades impostas por esse momento de pandemia. Esse é o caso do Hospital Regional do Litoral Norte (HRLN), em Caraguatatuba, e do Hospital Regional de São José dos Campos “Dr. Rubens Savastano (HRSJC), ambos em São Paulo, que estão promovendo “visitas virtuais”, ou seja, realizando chamadas de telefone por meio de vídeo para diminuir a saudade dos familiares.

 “O paciente é um ser total, não é só a doença, e cuidar do psíquico ajuda muito na saúde como um todo. Esse isolamento social é muito difícil, algumas pessoas chegam a pensar que vão morrer sozinhas. Essa oportunidade de fazer lives e de conversar por meio de vídeos funciona como uma medicação para ajudar na melhora e na tranquilidade de espírito do paciente. Tivemos um paciente que a primeira pergunta que fez para a família, durante uma chamada de vídeo, foi sobre o animal de estimação – isso era uma preocupação para ele, era essencial. Então, com essas ligações conseguimos tocar no que é mais importante para cada um dos pacientes isolados”, explicou Sandra Marcondes, Enfermeira Coordenadora da Unidade Intensiva do Hospital Regional do Litoral Norte. 

O HRLN foi inaugurado em março, neste primeiro momento exclusivamente para o atendimento a pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação pelo Novo Coronavírus. Entre pacientes internados e os que já receberam alta ou foram transferidos, a unidade já atendeu cerca de 11 pessoas. Segundo a equipe responsável pela UTI, atualmente as visitas virtuais são realizadas diariamente assim que os pacientes conseguem reestabelecer contato visual e por meio da fala – o que muitas vezes é impossibilitado devido à medicação. Dessa maneira, as chamadas de vídeo chegam para somar na recuperação, renovando as esperanças daqueles que estão isolados.

No HRSJC, com o auxílio da equipe de psicologia, cada um pode matar um pouco da saudade de quem ficou do lado de fora e está aflito para ver e ouvir o ente internado. “A visita virtual ajuda a amenizar a distância e trazer consolo em um momento difícil e incerto para pacientes e familiares. A participação de um psicólogo neste projeto é o reconhecimento e mediação dos fenômenos psicológicos manifestados nessa situação, ajudando a lidar com a ansiedade, medo e sentimentos de solidão e discriminação”, explicou a psicóloga Adriele Muniz. 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS