ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.org 

Palestras, roda de conversa e sessão de fotos em comemoração ao Novembro Roxo

29 de NOVEMBRO de 2019

Em novembro homenageia-se o Dia Mundial da Prematuridade, também conhecido como Novembro Roxo, quando se busca discutir e combater as causas que levam ao parto antecipado. Em homenagem à data, as unidades ISG que dispõem de maternidade e UTI Neonatal - Itanhaém (SP) e Azevedo Lima (RJ) - organizaram eventos com os pais dos bebês nascidos antes do tempo.

No Hospital Regional Jorge Rossmann (HRJR), em Itanhaém, foi organizado um evento composto por palestras para funcionários, contando com profissionais internos e externos que trouxeram vivência de outros serviços. Entre estes, a enfermeira Aline Carla Hennemann, da ONG prematuridade.com, abordou a questão da segurança do paciente na neonatologia. O pediatra e neonatologista, Dr. Renato Oliveira de Lima, da Sociedade de Pediatria de São Paulo, apresentou um relato de experiência sobre o trabalho realizado em cidades sem condições e infraestrutura, que foi transformando em tese de doutorado pela Unicamp.

Segundo a coordenadora médica da UTI Neonatal do HRJR, Dra. Marilene Kiskissian Martins, “a importância do evento está na conscientização de todas as melhorias que podemos implantar trabalhando unidos como um time multidisciplinar na linha de cuidados neonatais”.

No Hospital Estadual Azevedo Lima, uma equipe de profissionais da UTI Neonatal promoveu uma roda de conversa, seguida de lanche, para mães de bebês internados na unidade, além de sessão de fotos com os bebês. Durante o evento, as mães receberam informações sobre direitos de gestantes e puérperas e participaram de uma dinâmica em grupo. A responsável técnica da Fisioterapia, Fabiana Diaz, ressaltou a capacidade que um bebê prematuro tem de fugir do padrão e surpreender a equipe médica e até a ciência. “Eles fogem de padrões e nos possibilitam uma festa a cada avanço”. Para fechar o evento, a coordenadora médica da UTI Neonatal, Dra. Cristine Delgado, leu o texto “Mãe de Prematuro”, emocionando todos os presentes.
 
Mãe de prematuro (trecho)
“Toda mãe é um ser guerreiro por natureza. Mas a mãe de prematuro precisa ser guerreira em dobro. E isso nos difere e ao mesmo tempo nos iguala. Lutadoras, perseverantes, resilientes, frágeis a ponto de desabar a qualquer momento, mas com uma força absurda. Uma força que talvez venha de um útero vazio antes do tempo. Assim são as mães dos bebês que nascem antes..."




ÚLTIMAS NOTÍCIAS