ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.orge 

Mensagem do Diretor-Presidente do ISG aos colegas Médicos

18 de OUTUBRO de 2019

Prezados colegas médicos,

 

Hoje, 18 de outubro, é o dia agendado para celebrar o profissional médico! Aquele que um dia fez o juramento hipocrático, de devotar cada dia de sua vida para Cuidar e Salvar Vidas. Juramos estimar nossos mestres como a nossos pais, ensinar os filhos destes sem ônus, levar sempre o bem para o paciente e jamais lhe fazer mal, não atentar jamais contra a vida e manter em sigilo o que lhe for dado de ver ou ouvir.

 

Desde Hipócrates, na Grécia antiga, até os dias atuais, muito se passou e mudou. O Juramento como princípio filosófico é devido, no entanto, na prática e ao pé da letra, está fora do contexto e desatualizado em tempos de evolução e de mudanças avassaladoras. Tanto assim que o novo Tratado de Genebra já o atualizou, sendo o último de 2006 e tendo sido revisado novamente em 2017, com anuência da Associação Mundial de Medicina e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

O profissional médico, hoje, está voltado a muitos desafios que não se prestava no passado! Está submetido a uma jornada de trabalho muitas vezes desumana para poder garantir seus proventos. Tem que se atualizar continuadamente. O volume de informações a cada dia é maior e se faz necessário adquirir livros, ter acesso a revistas médicas, participar de congressos que exigem recursos crescentes. É obrigatório falar inglês, a língua científica. A formação para adquirir uma maturidade profissional e independência excede a graduação e se prolonga em pós-graduações, o que leva o profissional a uma jornada de, em média, 10 a 13 anos para se estabelecer no acirrado mercado de trabalho.

 

No Brasil já somos 470 mil colegas e teremos muito mais, visto o número crescente de faculdades medicina que surgem a todo instante. Nosso país tem mais faculdades de medicina que a China e EUA, países com população 8 e 2 vezes maior que a nossa.

 

A tecnologia avança na velocidade da luz, o que trará transformações que excedem as especulações mais otimistas. 

 

Nosso Sistema Único de Saúde (SUS), embora seja um inegável avanço social, ainda é instável e tem graves problemas de subfinanciamento, uso inadequado dos recursos, por conta de ineficiência de gestão e desvios escusos.

 

Este quadro coloca o médico no centro do furacão, levando uma parcela cada vez maior a síndrome de “Burnout”. Falando assim, é de se pensar que temos pouco a comemorar. Errado! Acredito que os desafios são muitos, porém a recompensa pode ser maior para aqueles que escolhem e abraçam sua profissão com paixão. Paixão pela vida, paixão por gente!

 

Estes se enriquecem dando e recebendo. Estes que veem no outro a sua semelhança e na relação humana sua riqueza! Estes que encontram no seu talento o propósito de tratar sempre que puder, aliviar a dor e o sofrimento sempre que possível e CUIDAR SEMPRE! Estes colegas têm a graça de ter uma retribuição que poucas profissões podem oferecer, e que superam as questões pecuniárias, que são relevantes, porém não determinantes. Estes que têm como foco principal o paciente, a ele dedicam seu tempo e talento e deles recebem os parabéns todos os dias, com louvor e amor, muitas vezes, sem perceber.

 

Parabenizo a cada um destes colegas e me congratulo com admiração e respeito, ao tempo que conclamo para que nossa categoria possa ser cada vez mais unida. Não de maneira corporativa e sim em torno do bem coletivo, para promover a saúde digna e eficiente que a nossa gente precisa e merece. Precisamos também cuidar de nossa saúde: “cuidar de quem cuida”.

 

Que Santa Dulce nos oriente e guie nos caminhos que ela nos ensinou com seu exemplo, cuidando e salvando vidas diariamente a cada dia da sua vida.

 

Viva o Médico! Viva a Vida! Viva a gente!

 

Forte abraço e vamos em frente!

 

Do Colega de Cuidar e Salvar Vidas,

 

Dr. André Guanaes

Fundador e Diretor-Presidente

Instituto Sócrates Guanaes




ÚLTIMAS NOTÍCIAS