ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.orge 

Azevedo Lima adota Protocolo de MEWS para segurança do paciente

16 de AGOSTO de 2019

Por Olenka Lasevitch

O Azevedo Lima está implantando o Protocolo de Alterações Agudas Precoces, também conhecido como Protocolo de MEWS, nos setores de Clínica Médica e Sala Verde da Emergência. O objetivo desta ferramenta é identificar se o paciente está apresentando algum sinal de deterioração clínica, ou seja, alguma perda neurológica ou respiratória, comuns em internações prolongadas.

A rápida identificação destas perdas, ou agravamentos, permite reduzir a incidência de paradas cardiorrespiratórias, levando ao aumento na segurança do paciente. Permite também que o profissional compreenda melhor as possíveis fragilidades do seu setor e proponha melhorias, impactando na qualidade da assistência prestada. O Protocolo de MEWS consiste em uma escala de alerta composta por cores e pontuações destinadas a identificar parâmetros vitais.

Para a coordenadora de Enfermagem do Azevedo Lima, Mara Alice Feitosa, a aplicação desta ferramenta significa um grande avanço na assistência prestada aos pacientes, pois aumenta na equipe a sensibilidade de identificar precocemente qualquer sinal de desenvolvimento de instabilidade no paciente, evitando complicações mais graves que poderiam aumentar o tempo de permanência deste paciente no hospital e até evitar uma possibilidade de retorno à terapia intensiva. “O Protocolo de MEWS permite o crescimento na segurança da assistência e o empoderamento da equipe, que é treinada a usar a ferramenta para prestar uma assistência mais sensível e individualizada ao paciente”.

Para conhecer a ferramenta e sua aplicação no dia a dia, as equipes de enfermagem da Clínica Médica e Emergência estão sendo capacitadas ao longo do mês de agosto.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS