ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.orge 

Oficinas Terapêuticas dão novo sentido às atividades de reabilitação

02 de AGOSTO de 2019

Os pacientes das Oficinas Terapêuticas, conduzidas pela equipe da Terapia Ocupacional (T.O), do Hospital Regional de São José dos Campos “Dr. Rubens Savastano” (HRSJC), começaram, em julho, uma atividade de artesanato com um propósito especial: fabricar máscaras para ajudar pacientes da UTI a dormirem melhor. A ideia surgiu a partir de um bate-papo com pacientes que já passaram pela UTI, e contaram um pouco de sua experiência. “Uma paciente de 15 anos ganhou uma máscara de dormir da mãe e sugeriu comprarmos para todos os pacientes da UTI. Foi aí que deu um estalo. Por que não fazer aqui? Então explicamos o motivo para os pacientes da reabilitação, que prontamente toparam fabricar nas oficinas terapêuticas”, explica Talita Vasconcelos, terapeuta ocupacional.

Os benefícios das atividades vão muito além de ajudar outros pacientes a dormirem melhor. As oficinas atendem pacientes da Ortopedia e Neurologia, em fase de reabilitação, que trabalham aspectos que vão desde o cognitivo, como a concentração, organização e planejamento, como a coordenação motora, a força e o estímulo sensorial. Os encontros com a tarefa de ajudar o próximo têm motivado o grupo a dar o melhor de si. “Temos exemplo de paciente que, após dois anos que sofreu um acidente que comprometeu os tendões e ligamentos, com muita dificuldade de preensão fina e pouca força na mão esquerda, já consegue confeccionar uma máscara realizando todo o processo, com as duas mãos, desde colocar a linha na agulha a costura da máscara. Ver um resultado desse é muito gratificante”, relata a terapeuta ocupacional.

As atividades de reabilitação também promovem integração e melhora da autoestima dos pacientes atendidos no ambulatório. “Sinto prazer em estar fazendo algo que vai ajudar outras pessoas. Mesmo quando estiver reabilitada, quero continuar aqui, ajudando”, declara Marli Ferreira, paciente. As máscaras são confeccionadas com materiais doados por pacientes e colaboradores, que aproveitam também tecidos dos uniformes, sem condições de reuso.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS