ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.orge 

Cirurgia Cardíaca com técnica minimamente invasiva é realizada pela primeira vez no HRSJC

28 de JUNHO de 2019

O Hospital Regional de São José dos Campos “Dr. Rubens Savastano” (HRSJC) realizou, pela primeira vez, uma cirurgia cardíaca com técnica minimamente invasiva, reduzindo o trauma e aumentando a segurança do paciente. Com uma incisão menor, a equipe de cirurgia cardiovascular trocou a válvula aórtica por uma prótese biológica, devido a uma endocardite bacteriana, um grave problema que poderia levá-lo à morte. A cirurgia foi um sucesso e ele evolui muito bem ao tratamento.

Conhecida como minitoracotomia, a técnica contribuiu para uma recuperação mais rápida, devido ao corte cirúrgico menor que no método tradicional – cerca de 10cm, garantindo maior segurança operatória e recuperação mais rápida. A cirurgia foi realizada pelo médico Leonardo Albuquerque, acompanhado pelo também cirurgião Leandro Machado. “A cirurgia foi bem-sucedida e permitiu melhor qualidade de vida ao paciente”, explica Machado. Juntos aos cirurgiões, estava uma equipe altamente qualificada, formada por multiprofissionais, entre eles anestesiologistas, perfusionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

A cirurgia cardíaca teve início há um ano no HRSJC, sob coordenação do cirurgião Mario Issa, e realizou cerca de 220 cirurgias, sendo casos complexos de doenças arteriais coronarianas, valvulares, aneurismas e dissecções de aorta. Nos últimos 6 meses, a unidade vem apresentando padrões de grandes hospitais internacionais, como taxa de mortalidade que se aproxima a 4%, taxa de infecção de 4,8% (com características brandas) e uma permanência de aproximadamente 5,6 dias de internação pós-operatória.

Resultados como este vem provando a eficiência do hospital para o Vale do Paraíba, inaugurado há cerca de um ano, com perfil de média e alta complexidade. Além de cirurgia cardiovascular, o HRSJC também é referência em cirurgia traumato-ortopédica, neurocirurgia, pediatria e especialidades relacionadas em casos de urgência e emergência.






ÚLTIMAS NOTÍCIAS