ISG Saúde - Instituto Sócrates Guanaes | isgsaude.orge 

Maternidade comemora Semana Nacional de Doação de Leite Humano

07 de JUNHO de 2019

No intuito de enfatizar a importância da doação de leite materno para as crianças prematuras, profissionais da saúde, puérperas e voluntários do Hospital Regional Jorge Rossmann participaram no dia 24 de maio, no auditório, de evento em comemoração à Semana Nacional de Doação de Leite Humano.

Na palestra de abertura, a responsável pelo Banco de Leite de Peruíbe, Dra. Ana Maria Calaça Prigenzi, falou sobre os Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno, da Iniciativa Hospital Amigo da Criança - IHAC, idealizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas pela Infância (UNICEF).

O diretor técnico do HRJR, Dr. Cézar Kabbach, homenageou as mães doadoras de leite materno que estavam presentes e também a equipe vencedora da gincana que arrecadou frascos de vidro com tampa de plástico usados para armazenar o leite. “Como pediatra e profissional da saúde tenho um carinho especial sobre esse tema. É um gesto de muito amor dessas mães que retiram o seu leite para doar a outros recém-nascidos prematuros”.

Sandra Aparecida Gomes da Silva, que atua no Alojamento Conjunto e representou a equipe vencedora da gincana,  reforça a doação permanente dos frascos de vidro, assim como o estímulo à doação de leite humano. “É importante sensibilizar os profissionais e a sociedade durante todo o ano.”

Na ocasião, também foi apresentada a nova campanha do Ministério da Saúde, que traz o slogan “Doe Leite Materno, alimente a vida”, que visa sensibilizar as mães que estão amamentando, os profissionais de saúde e a sociedade sobre a relevância dessa doação para as crianças prematuras, de baixo peso, que estão internadas em unidades neonatais e não podem ser alimentadas diretamente nos seios de suas mães.

Ivy Neves Palhinha, do grupo de voluntárias Gotas de Amor e Alegria, ficou emocionada ao conhecer o trabalho de estímulo ao aleitamento materno realizado no HRJR. “Nós percebemos o carinho que vocês têm com funcionários e pacientes, principalmente na Maternidade. Eu tive minha filha aos 21 anos, era muito nova, ela não pegou o peito porque o hospital facilitou a mamadeira. Nem tentaram incentivá-la a pegar o peito. Ver o incentivo que vocês dão as mamães para oferecer o peito e ainda doar é maravilhoso. Tocou demais, me fez lembrar o que aconteceu comigo 21 anos atrás”, disse.

No HRJR, as puérperas contam com sala de coleta de leite materno, que funciona em parceria com o Banco de Leite de Peruíbe. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (13) 3421-4343, ramal 4479.

O QUE TODOS PRECISAM SABER SOBRE DOAÇÃO DE LEITE





ÚLTIMAS NOTÍCIAS